dor_id: 39235

506.#.#.a: Público

590.#.#.d: Los artículos enviados a la revista Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento se juzgan por medio de un proceso de revisión por pares

510.0.#.a: PsycINFO; Lingustics & Language Behavior Abstracts; Colegio Oficial de Psicólogos de Madrid (PSICODOC); Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);  Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);  Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB );  Periódicos Electrónicos en Psicología (PEPSIC); Revistas Académicas de la UNAM; Host Research Databases (EBSCO); Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal (REDALYC); SCOPUS

561.#.#.u: http://www.iztacala.unam.mx/

650.#.4.x: Artes y Humanidades

336.#.#.b: article

336.#.#.3: Artículo de Investigación

336.#.#.a: Artículo

351.#.#.6: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

351.#.#.b: Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento

351.#.#.a: Artículos

harvesting_group: RevistasUNAM

270.1.#.p: Revistas UNAM. Dirección General de Publicaciones y Fomento Editorial, UNAM en revistas@unam.mx

590.#.#.c: Open Journal Systems (OJS)

270.#.#.d: MX

270.1.#.d: México

590.#.#.b: Concentrador

883.#.#.u: http://www.revistas.unam.mx/front/

883.#.#.a: Revistas UNAM

590.#.#.a: Coordinación de Difusión Cultural, UNAM

883.#.#.1: https://www.publicaciones.unam.mx/

883.#.#.q: Dirección General de Publicaciones y Fomento Editorial, UNAM

850.#.#.a: Universidad Nacional Autónoma de México

856.4.0.u: http://revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/58800/51941

100.1.#.a: Williams, W. Larry; Das Graças de Souza, Deisy; Borges Varella, André Augusto

524.#.#.a: Williams, W. Larry, et al. (2017). O teste ABLA e suas implicações para o ensino de pessoas com autismo e distúrbios do desenvolvimento. Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 25, No 1; 2017. Recuperado de https://repositorio.unam.mx/contenidos/39235

720.#.#.a: Williams, W. Larry; Das Graças de Souza, Deisy; Borges Varella, André Augusto

245.1.0.a: O teste ABLA e suas implicações para o ensino de pessoas com autismo e distúrbios do desenvolvimento

502.#.#.c: Universidad Nacional Autónoma de México

561.1.#.a: Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara

264.#.0.c: 2017

264.#.1.c: 2017-03-27

653.#.#.a: Teste abla-r; avaliação comportamental; aprendizagem discriminativa; autismo; distúrbio do desenvolvimento

506.1.#.a: La titularidad de los derechos patrimoniales de esta obra pertenece a las instituciones editoras. Su uso se rige por una licencia Creative Commons BY-NC-SA 4.0 Internacional, https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/legalcode.es, fecha de asignación de la licencia 2017-03-27, para un uso diferente consultar al responsable jurídico del repositorio por medio del correo electrónico actacomportamentaliamx@gmail.com

884.#.#.k: http://revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/58800

720.#.#.u: Universidade Católica Dom Bosco Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino; Universidade de Nevada; Universidade Federal de São Carlos Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino

041.#.7.h: spa

520.3.#.a: Avaliar repertórios é uma etapa importante no planejamento de intervenções analítico-comportamentais para indivíduos com autismo e distúrbios do desenvolvimento. Medidas comportamentais preditivas da probabilidade em aprender determinados repertórios (com maior facilidade ou dificuldade) podem ser úteis na definição de objetivos e procedimentos de ensino para estas populações. O teste ABLA-R (Assessment of Basic Learning Abilities - Revised) avalia a aprendizagem de seis tarefas, denominadas níveis, que requerem aprendizagem de uma resposta motora (Nível 1), discriminação de posição (Nível 2), discriminação visual simples (Nível 3), discriminação condicional visual-visual (Nível 4), discriminação visual-visual arbitrária (Nível 5) e discriminação condicional auditivo-visual (Nível 6). Este artigo tem por objetivo caracterizar o teste ABLA-R, revisar os estudos sobre seu potencial preditivo e discutir suas implicações práticas. Os estudos revisados sugerem que o teste apresenta bom potencial preditivo de aprendizagem de tarefas que envolvem os mesmos tipos de discriminações por ele avaliados. Os resultados do ABLA-R podem ser úteis em contextos de aplicação quando profissionais ou pesquisadores necessitam selecionar comportamentos-alvo e/ou procedimentos de ensino. Entretanto, enquanto avaliação de repertórios básicos de aprendizagem, o ABLA-R apresenta importantes limitações, caracterizando-se como uma avaliação (de repertórios discriminativos) mais apropriada para indivíduos de baixo funcionamento e com repertórios verbais incipientes.

773.1.#.t: Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 25, No 1 (2017)

773.1.#.o: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

022.#.#.a: ISSN impreso: 0188-8145

310.#.#.a: Cuatrimestral

264.#.1.b: Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara

758.#.#.1: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

handle: 00c1ea6b24656cc1

harvesting_date: 2019-02-06 00:00:00.0

856.#.0.q: application/pdf

last_modified: 2022-03-15 11:35:00

license_url: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/legalcode.es

license_type: by-nc-sa

_deleted_conflicts: 2-29222e3b6d6f6d89c4ffff0ddec4b91b

No entro en nada

No entro en nada 2

Artículo

O teste ABLA e suas implicações para o ensino de pessoas com autismo e distúrbios do desenvolvimento

Williams, W. Larry; Das Graças de Souza, Deisy; Borges Varella, André Augusto

Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara, publicado en Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento, y cosechado de Revistas UNAM

Licencia de uso

Procedencia del contenido

Cita

Williams, W. Larry, et al. (2017). O teste ABLA e suas implicações para o ensino de pessoas com autismo e distúrbios do desenvolvimento. Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 25, No 1; 2017. Recuperado de https://repositorio.unam.mx/contenidos/39235

Descripción del recurso

Autor(es)
Williams, W. Larry; Das Graças de Souza, Deisy; Borges Varella, André Augusto
Colaborador(es)
Williams, W. Larry; Das Graças de Souza, Deisy; Borges Varella, André Augusto
Afiliación del colaborador
Universidade Católica Dom Bosco Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino; Universidade de Nevada; Universidade Federal de São Carlos Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino
Tipo
Artículo de Investigación
Área del conocimiento
Artes y Humanidades
Título
O teste ABLA e suas implicações para o ensino de pessoas com autismo e distúrbios do desenvolvimento
Fecha
2017-03-27
Resumen
Avaliar repertórios é uma etapa importante no planejamento de intervenções analítico-comportamentais para indivíduos com autismo e distúrbios do desenvolvimento. Medidas comportamentais preditivas da probabilidade em aprender determinados repertórios (com maior facilidade ou dificuldade) podem ser úteis na definição de objetivos e procedimentos de ensino para estas populações. O teste ABLA-R (Assessment of Basic Learning Abilities - Revised) avalia a aprendizagem de seis tarefas, denominadas níveis, que requerem aprendizagem de uma resposta motora (Nível 1), discriminação de posição (Nível 2), discriminação visual simples (Nível 3), discriminação condicional visual-visual (Nível 4), discriminação visual-visual arbitrária (Nível 5) e discriminação condicional auditivo-visual (Nível 6). Este artigo tem por objetivo caracterizar o teste ABLA-R, revisar os estudos sobre seu potencial preditivo e discutir suas implicações práticas. Os estudos revisados sugerem que o teste apresenta bom potencial preditivo de aprendizagem de tarefas que envolvem os mesmos tipos de discriminações por ele avaliados. Os resultados do ABLA-R podem ser úteis em contextos de aplicação quando profissionais ou pesquisadores necessitam selecionar comportamentos-alvo e/ou procedimentos de ensino. Entretanto, enquanto avaliação de repertórios básicos de aprendizagem, o ABLA-R apresenta importantes limitações, caracterizando-se como uma avaliação (de repertórios discriminativos) mais apropriada para indivíduos de baixo funcionamento e com repertórios verbais incipientes.
Tema
Teste abla-r; avaliação comportamental; aprendizagem discriminativa; autismo; distúrbio do desenvolvimento
Idioma
spa
ISSN
ISSN impreso: 0188-8145

Enlaces