dor_id: 39446

506.#.#.a: Público

590.#.#.d: Los artículos enviados a la revista Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento se juzgan por medio de un proceso de revisión por pares

510.0.#.a: PsycINFO; Lingustics & Language Behavior Abstracts; Colegio Oficial de Psicólogos de Madrid (PSICODOC); Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal (Latindex);  Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (CLASE);  Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico (REDIB );  Periódicos Electrónicos en Psicología (PEPSIC); Revistas Académicas de la UNAM; Host Research Databases (EBSCO); Red de Revistas Científicas de América Latina y el Caribe, España y Portugal (REDALYC); SCOPUS

561.#.#.u: http://www.iztacala.unam.mx/

650.#.4.x: Artes y Humanidades

336.#.#.b: article

336.#.#.3: Artículo de Investigación

336.#.#.a: Artículo

351.#.#.6: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

351.#.#.b: Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento

351.#.#.a: Artículos

harvesting_group: RevistasUNAM

270.1.#.p: Revistas UNAM. Dirección General de Publicaciones y Fomento Editorial, UNAM en revistas@unam.mx

590.#.#.c: Open Journal Systems (OJS)

270.#.#.d: MX

270.1.#.d: México

590.#.#.b: Concentrador

883.#.#.u: http://www.revistas.unam.mx/front/

883.#.#.a: Revistas UNAM

590.#.#.a: Coordinación de Difusión Cultural, UNAM

883.#.#.1: https://www.publicaciones.unam.mx/

883.#.#.q: Dirección General de Publicaciones y Fomento Editorial, UNAM

850.#.#.a: Universidad Nacional Autónoma de México

856.4.0.u: http://revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/65043/57073

100.1.#.a: Rodrigues Da Silva Okada, Andréa; Madalosso de Oliveira, Gabriela Ariadne; Esteves de Sousa, Kelly; Rodrigues de Castro, Tauã; Barbosa de Freitas, Luiz Alexandre; Furlam Nogueira, Aline Oliveira; Zanetti Rocca, Julia

524.#.#.a: Rodrigues Da Silva Okada, Andréa, et al. (2018). Modelação em vídeo e intervenção mediada por pares para promover interações sociais de alunos com Transtorno do Espectro Autista. Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 26, No 2; 2018. Recuperado de https://repositorio.unam.mx/contenidos/39446

720.#.#.a: Rodrigues Da Silva Okada, Andréa; Madalosso de Oliveira, Gabriela Ariadne; Esteves de Sousa, Kelly; Rodrigues de Castro, Tauã; Barbosa de Freitas, Luiz Alexandre; Furlam Nogueira, Aline Oliveira; Zanetti Rocca, Julia

245.1.0.a: Modelação em vídeo e intervenção mediada por pares para promover interações sociais de alunos com Transtorno do Espectro Autista

502.#.#.c: Universidad Nacional Autónoma de México

561.1.#.a: Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara

264.#.0.c: 2018

264.#.1.c: 2018-05-28

653.#.#.a: Transtorno do espectro autista; modelação em vídeo; treinamento de pares; interações sociais; intervenções socialmente mediadas

506.1.#.a: La titularidad de los derechos patrimoniales de esta obra pertenece a las instituciones editoras. Su uso se rige por una licencia Creative Commons BY-NC-SA 4.0 Internacional, https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/legalcode.es, fecha de asignación de la licencia 2018-05-28, para un uso diferente consultar al responsable jurídico del repositorio por medio del correo electrónico actacomportamentaliamx@gmail.com

884.#.#.k: http://revistas.unam.mx/index.php/acom/article/view/65043

041.#.7.h: spa

520.3.#.a: O presente estudo propõe a utilização da modelação em vídeo no ensino de pares típicos em uma Intervenção Mediada por Pares (IMP) como estratégia para promover habilidades sociais em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Participaram do trabalho duas crianças de seis anos diagnosticadas com TEA e seis crianças com desenvolvimento típico. Cada grupo de quatro crianças, incluindo um participante com TEA e três pares típicos, realizou sessões de brincadeira livre durante quinze minutos. Foram contabilizadas as respostas de “iniciar” e “responder interação”. Antes de cada sessão de intervenção, os pares típicos assistiram vídeos apresentando estratégias para interagir com seus colegas com TEA. A intervenção foi planejada em sistema de linha de base múltipla entre pares típicos. Os resultados demonstraram aumento no número de respostas de “iniciar interação” realizadas por pares típicos e tendência de aumento no “responder interação” das crianças com TEA. Interações envolvendo brinquedos também foram mais frequentes. Houve, entretanto, variação individual e ao longo das sessões. Além disso, verificou-se maior concentração de interações nos minutos iniciais da sessão, logo após a exibição dos vídeos. Esses resultados indicam que a modelação em vídeo pode ser uma estratégia efetiva para o ensino de pares típicos em IMPs.

773.1.#.t: Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 26, No 2 (2018)

773.1.#.o: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

022.#.#.a: ISSN impreso: 0188-8145

310.#.#.a: Cuatrimestral

264.#.1.b: Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara

758.#.#.1: http://www.revistas.unam.mx/index.php/acom

handle: 49d475a869b5d1e8

harvesting_date: 2019-02-06 00:00:00.0

856.#.0.q: application/pdf

last_modified: 2022-03-15 11:35:00

license_url: https://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/4.0/legalcode.es

license_type: by-nc-sa

_deleted_conflicts: 2-be8328f59c31bb24927b6f84bcb76af9

No entro en nada

No entro en nada 2

Artículo

Modelação em vídeo e intervenção mediada por pares para promover interações sociais de alunos com Transtorno do Espectro Autista

Rodrigues Da Silva Okada, Andréa; Madalosso de Oliveira, Gabriela Ariadne; Esteves de Sousa, Kelly; Rodrigues de Castro, Tauã; Barbosa de Freitas, Luiz Alexandre; Furlam Nogueira, Aline Oliveira; Zanetti Rocca, Julia

Facultad de Estudios Superiores Iztacala, UNAM; Universidad de Guadalajara, publicado en Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento, y cosechado de Revistas UNAM

Licencia de uso

Procedencia del contenido

Cita

Rodrigues Da Silva Okada, Andréa, et al. (2018). Modelação em vídeo e intervenção mediada por pares para promover interações sociais de alunos com Transtorno do Espectro Autista. Acta Comportamentalia: Revista Latina de Análisis del Comportamiento; Vol 26, No 2; 2018. Recuperado de https://repositorio.unam.mx/contenidos/39446

Descripción del recurso

Autor(es)
Rodrigues Da Silva Okada, Andréa; Madalosso de Oliveira, Gabriela Ariadne; Esteves de Sousa, Kelly; Rodrigues de Castro, Tauã; Barbosa de Freitas, Luiz Alexandre; Furlam Nogueira, Aline Oliveira; Zanetti Rocca, Julia
Colaborador(es)
Rodrigues Da Silva Okada, Andréa; Madalosso de Oliveira, Gabriela Ariadne; Esteves de Sousa, Kelly; Rodrigues de Castro, Tauã; Barbosa de Freitas, Luiz Alexandre; Furlam Nogueira, Aline Oliveira; Zanetti Rocca, Julia
Tipo
Artículo de Investigación
Área del conocimiento
Artes y Humanidades
Título
Modelação em vídeo e intervenção mediada por pares para promover interações sociais de alunos com Transtorno do Espectro Autista
Fecha
2018-05-28
Resumen
O presente estudo propõe a utilização da modelação em vídeo no ensino de pares típicos em uma Intervenção Mediada por Pares (IMP) como estratégia para promover habilidades sociais em crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA). Participaram do trabalho duas crianças de seis anos diagnosticadas com TEA e seis crianças com desenvolvimento típico. Cada grupo de quatro crianças, incluindo um participante com TEA e três pares típicos, realizou sessões de brincadeira livre durante quinze minutos. Foram contabilizadas as respostas de “iniciar” e “responder interação”. Antes de cada sessão de intervenção, os pares típicos assistiram vídeos apresentando estratégias para interagir com seus colegas com TEA. A intervenção foi planejada em sistema de linha de base múltipla entre pares típicos. Os resultados demonstraram aumento no número de respostas de “iniciar interação” realizadas por pares típicos e tendência de aumento no “responder interação” das crianças com TEA. Interações envolvendo brinquedos também foram mais frequentes. Houve, entretanto, variação individual e ao longo das sessões. Além disso, verificou-se maior concentração de interações nos minutos iniciais da sessão, logo após a exibição dos vídeos. Esses resultados indicam que a modelação em vídeo pode ser uma estratégia efetiva para o ensino de pares típicos em IMPs.
Tema
Transtorno do espectro autista; modelação em vídeo; treinamento de pares; interações sociais; intervenções socialmente mediadas
Idioma
spa
ISSN
ISSN impreso: 0188-8145

Enlaces